Notícias

Durabilidade das Estruturas de Concreto

Durabilidade das Estruturas de Concreto

O concreto, assim como qualquer outro material, se deteriora ao longo dos anos em função de uma série de fatores. Esta situação, faz com que as propriedades adquiridas no início da vida útil sejam perdidas ao longo do tempo. Uma dúvida muito comum para quem trabalha na área de construção é sobre quanto tempo deve durar uma estrutura de concreto, e é sobre isso que falaremos neste artigo. 

 

O que é Durabilidade do Concreto?

            

Para começar, é importante entender o conceito de durabilidade, com durabilidade estamos nos referindo ao período de tempo em que um determinado material consegue ser utilizado com todas as suas propriedades. Na construção civil este é um fator muito importante a ser considerado, pois, diversos materiais diferentes são utilizados na composição de uma obra como por exemplo, o vidro, plástico e o próprio concreto. Sabendo que cada material tem durabilidade definida, é preciso estar preparado para realizar as devidas alterações assim que necessário, evitando assim prejuízos ao proprietário.

 

Qual é a Durabilidade do Concreto?

            

A NBR 6118:2014 estabelece que o tempo mínimo de durabilidade das estruturas de concreto seja de 50 anos, isso significa que, nenhuma estrutura em concreto deveria apresentar problemas ou algum tipo de patologia dentro do intervalo de 50 anos. Entretanto, é comum nas obras do Brasil ocorrer o surgimento de problemas antes do prazo mínimo definido, e isso ocorre por diversos motivos: mão de obra não qualificada no manuseio do concreto, concreto de baixa qualidade ou de baixa resistência, cobrimento das armaduras e adensamento do concreto. Para garantir que o tempo mínimo seja atingido sem precisar de grandes intervenções ao longo da vida útil da estrutura é preciso tomar alguns cuidados que serão abordados logo abaixo.

 

Como garantir a Durabilidade do Concreto?

 

Para que o concreto tenha a durabilidade estabelecida por norma é preciso estar atento a alguns pontos importantes relacionados principalmente ao período de concretagem. Uma das características que ajudam a aumentar a durabilidade do concreto é a qualidade e homogeneidade do material utilizado na obra, quanto mais uniforme, melhor serão as propriedades, portanto, o ideal para se evitar problemas, é utilizar concreto usinado sempre que possível.

Outro fator importante é o cobrimento das armaduras, a NBR 6118 estabelece os valores mínimos de acordo com a classe de agressividade ambiental, isso ajuda a garantir que os agentes agressivos do ar tenham maior dificuldade em penetrar o concreto e atingir a armadura, este é um dos pontos mais importantes em relação a durabilidade, e muitas vezes é negligenciado pelos construtores.

A compacidade (adensamento) do concreto é outro fator essencial para garantir vida longa ao concreto, quando é bem feita, ela elimina os vazios preenchidos com ar na massa, dificultando assim a entrada de agentes agressivos no concreto que poderão corroer a armadura com o passar do tempo, outra vantagem de se realizar o adensamento de forma correta é que isso garante maior resistência mecânica ao elemento de concreto, favorecendo assim também o tempo de vida do material.

A composição do concreto (traço) também é bastante relevante para garantir o mínimo de 50 anos de vida a estrutura, é preciso avaliar cada caso com cuidado para garantir que a proporção de materiais utilizados bem como o tipo de materiais utilizados, satisfaçam as necessidades do local, por exemplo, é ideal utilizar concretos feitos com cimento resistente a sulfatos (alto teor de argila pozolâmica) em obras que tiverem contato direto com o esgoto para proteger o concreto do ataque de sulfatos.

Com medidas simples durante a fase de concretagem é possível garantir a longevidade da estrutura, por isso todo cuidado feito nesta etapa é crucial para o sucesso da obra como um todo.

 

Revisado por Eng. Bruno Reganati em 21 de julho de 2019

loader pagina